“Erotikon” reviewed by A Trompa

Erotikon
Espiralando pela memória. Respirando com maior ou menor sofreguidão. Quase sempre vagarosamente. Pousado, como o pássaro que se sustenta no ar, com as asas estendidas. No ar, no espaço, pelo corpo vazio, despido de roupa e esquecido de emoções. Em “Erotikon”, Jorge Mantas convida-nos a entrar numa viagem misteriosa, feita de 11 faixas de um abstractividade melancólica, de pequenos fragmentos de som, ruído, vozes e almas; fragmentos de um sonho eventualmente vivido no toque suave dos dedos das mãos. Cativantes experiências.
“Erotikon” é uma edição da Crónica Electrónica.

via A Trompa

This entry was posted in Reviews and tagged , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Post a Comment

You must be logged in to post a comment.

  • Tags

  • Categories

  • Archives